CONTEINERIZAÇÃO

SAIBA MAIS

O que é Conteinerização ou Coleta Mecanizada?

É um sistema de coleta, transporte e acondicionamento de resíduos (o vulgar lixo) que reúne os quatro princípios básicos da limpeza sendo: Resíduo bem acondicionado, seguro, fácil de transportar e esvaziar.

O sistema é composto de:

– Contentores plásticos fabricados de acordo com normas nacionais e internacionais de qualidade;

– Lifters (elevadores) = sistemas automáticos para bascula-mento dos contentores nos equipamentos compactadores;

– Lavaconteiner para lavagem e desinfecção dos contentores.


Ships From: Brazil

Vendido por: CGM Contentores
Categories: , , ,

Descrição

Como e quando surgiu?

A Conteinerização surgiu inicialmente na Alemanha na década de 50 com contentores metálicos. A partir da década de 70, com a redução do custo da resina plástica e com o desenvolvimento de máquinas de grande capacidade, o sistema se desenvolveu rapidamente pela Europa com contentores plásticos de capacidades de 80 á 1.700 litros, passando também a ser adotado rapidamente nos EUA e Japão. No Brasil, a conteinerização chegou em meados da década de 90 em cidades como Santos / SP e Rio de Janeiro / RJ.

Quais as vantagens e desvantagens da Conteinerização ?

A Conteinerização facilita e pode ser aplicada à COLETA SELETIVA DE RESÍDUOS?

Sim. A implantação da conteinerização com a utilização de contentores ou PEV’s (pontos de entrega voluntária) ajudam a viabilizar a Coleta Seletiva – Macro (em municípios) e em escolas, indústrias, empresas e condomínios, reduzindo custos operacionais e permitindo maior racionalização dos processos de coleta, já separando na fonte os devidos resíduos por categorias (SECO OU ÚMIDO) ou (PAPEL PLÁSTICO, VIDRO E METAL), além de terem um alto poder educacional devido a utilização das cores de acordo com a resolução do CONAMA.

Avaliações

Ainda não possui nenhuma análise.

Somente usuários cadastrados que já compraram este produto podem deixar análises.

Programa CGM Sustentabilidade

A CGM considera a responsabilidade socioambiental um dos seus principais valores, por isso tem como estratégia fazer com que o conceito de responsabilidade socioambiental se torne cada vez mais presente em suas ações e em tudo o que estiver relacionado a sua marca. Um de seus objetivos é padronizar e difundir as boas práticas através de uma política clara e integrada entre a empresa e seus stackholders (clientes, governo, fornecedores, público interno e instituições).

 

Reduzir, Reutilizar e Reciclar são verbos conjugados à exaustão pela CGM há tempos, desde que em 1996 trouxe para o Brasil o Sistema de Coleta Mecanizada / Conteinerizada de Lixo Urbano. Esse sistema permitiu difundir a prática e captar com economia e produtividade materiais recicláveis por meio de Contêineres ou PEV’s em ruas, avenidas, indústrias, condomínios de diversos municípios do Brasil. Ações como essas são de longo prazo e tem como objetivo fomentar o desenvolvimento sustentável, proporcionando o aumento da reciclagem, a revalorização dos materiais e a geração de emprego e renda nas cooperativas de catadores e em atividades ligadas ao setor de reciclagem.

 

A CGM criou a AÇÃO CON – RETURN que visa à retirada do meio ambiente dos recipientes (contêineres plásticos) que já esgotaram a sua vida útil, reinserindo-os ao sistema produtivo, programa pioneiro e único no Brasil em seu segmento.

 

A sua mecânica esta pautada no recebimento de contêineres plásticos usados (CON- RETURN = quebrados, danificados, ou sem condições de uso) reinserindo-os ao sistema por meio da reciclagem, proporcionando a extração de menores quantidades de matérias-primas da natureza, gerando mais empregos, aumentando a vida útil dos aterros sanitários e evitando que os mesmos parem em locais desapropriados, como lixões ou no meio ambiente em geral. Após a reciclagem a sua matéria-prima servirá para fabricação de caixas, mesas, cadeiras etc.