Ser empreendedor, possuir um negócio não é uma tarefa fácil

É comum a gente ver dados estatísticos mostrando a mortalidade de empresas e perdas de capitais investidos pelos empreendedores. Confirma que realmente ser empreendedor, possuir um negócio não é uma tarefa fácil.  São desafios que nos fazem levantar da cama todos os dias para colocar em prática os sonhos, planos, idéias e que por razões diversas acabam não atingindo os objetivos. 

Senão vejamos dados obtidos da pesquisa Sobrevivência de Empresas (2020), realizada pelo Sebrae com base em dados da Receita Federal e com pesquisa de campo, a taxa de mortalidade dos microempreendedores -MEI é de 29%. Já as microempresas têm uma taxa de mortalidade após cinco anos de 21,6% e as de pequeno porte 17%.

Além da frustração e da tristeza, há a perda financeira, não só do empreendedor que aplicou seus recursos de poupança própria ou de familiares, mas também para a economia do país, pois os recursos se perdem deixando de gerar receita e renda.

As principais causas da mortalidade de empresas envolvem inúmeros fatores tais como a: 

  • falta de planejamento, 
  • Sem um plano de negócios compatível com a realidade, 
  • falta de capacitação do empreendedor, 
  • mistura de contas pessoais com as da empresa, 
  • falta de clientes, 
  • pouca divulgação
  • Falta de capital/Lucro
  • Sem metas e objetivos

Esses fatores acima citados tem levado a esse alto índice de insucesso das empresas. A correta análise desses fatos serve para auxiliar o empreendedor que está para iniciar um novo negócio evitando cometer os mesmos erros e acabar fechando seu empreendimento.

Falta de planejamento do negócio

Vamos imaginar um profissional que perdeu seu emprego, algo que observamos bastante durante esses dois últimos anos com a pandemia da Covid19. Poucas perspectivas de conseguir uma nova colocação, resolve abrir um negócio próprio para gerar renda. Na semana seguinte lá está ele no mercado, competindo com uma concorrência estabelecida. 

As chances de que esse empreendedor tem de não ver a luz do sol dentro de dois a cinco anos são enormes, pois não houve planejamento algum sobre as atividades. Quem são seus clientes? Qual o valor de venda dos produtos? Como fará a divulgação? Qual o melhor caminho a percorrer?

Elaborar um plano de negócios

A etapa de planejamento antes da abertura da empresa é tão importante quanto saber conduzi-la após iniciar as atividades. Conseguirá enxergar melhor as oportunidades e avaliar a viabilidade do seu projeto, antes mesmo de investir os seus recursos. 

Essa visão ampla e estratégica da empresa e do mercado vai ajudar a administrar melhor quando os imprevistos acontecem, conciliando o planejamento idealizado com as metas e dificuldades de curto prazo.

Falta de Capacitação Financeira

É importante ter um melhor preparo e conhecimento sobre finanças para empresas. As planilhas de contas a pagar e receber, e o fluxo de caixa são indispensáveis, mas precisam ser analisadas. 

A falta de conhecimento é um grande erro que leva muitas empresas ao fechamento prematuro das atividades. É normal empresas que estão iniciando no mercado não conseguirem gerar lucro nos primeiros meses de atividade e é neste momento que o empreendedor estando preparado evita dificuldades e suporta este período inicial até alcançar bons resultados.

Mistura das contas pessoais com as da empresa

É fatal e contribui muito para o fracasso da empresa quando o empresário mistura as contas da empresa com as despesas pessoais. Isso ocorre principalmente com empreendedores iniciantes que demonstram despreocupação com as finanças da empresa.

Adotar um controle financeiro eficiente e utilizar os recursos de forma adequada são ações que fazem a diferença para a sobrevivência da empresa. 

Falta de clientes

Em uma oportunidade que estava elaborando um plano de negócios, um professor que acompanhava os trabalhos disse: “Toda essa teoria, de nada adianta se a empresa não vender.” Ter vendas é a chave para qualquer negócio e para vender é preciso ter clientes.

Elaborar uma pesquisa quando do plano de negócios, vai dar ao empreendedor a noção do potencial de mercado e viabilidade do negócio.

Não tem como atrair clientes sem tirar o umbigo do balcão,  ir em busca de clientes fazendo visitas se necessário, participar de associações representativas de classe, eventos e feiras.

Hoje o poder está na mão do cliente no seu smartphone. Antes de ir às compras ele pesquisa para obter informações sobre produtos e empresas próximas a ele, analisa as avaliações e faz a melhor escolha. Sua empresa precisa aparecer, caso contrário quem vende é o concorrente que já está fazendo parte.

Para isso é necessário otimizar sua presença digital, veja aqui como isso pode ser feito.

Divulgação e marketing ineficiente

Para empresas iniciantes e que estão buscando se consolidar no mercado, as ações de marketing são extremamente importantes para aumentar a visibilidade e atingir os potenciais clientes. Um marketing mal feito ou a ausência do mesmo, podem afetar o resultado de vendas do negócio, levando ao fechamento prematuro do empreendimento.

Outro aspecto a considerar é que um marketing mal planejado e executado de forma equivocada, vai consumir recursos da empresa não proporcionando um bom retorno sobre o investimento. Se a empresa ainda não está tendo resultados de venda ideais o cuidado no uso dos recursos disponíveis deverá ser ainda maior.

Falta de capital

Não é incomum que empreendedores se deparam com falta de capital de giro, mesmo quando as vendas são boas, está conquistando clientes, tudo parece estar bem, mas de repente o dinheiro acaba. 

As causas podem ser diversas, mas resumindo é a falta de conhecimento e planejamento. 

Um dos fatores mais comuns é o descompasso entre os prazos de pagamento e o de recebimento de suas vendas.

Por exemplo, por ser pequeno e ter pouca margem de negociação com seus clientes, recebe suas vendas com prazo maior que o obtido junto aos  fornecedores que muitas vezes exigem pedidos mínimos maiores do que o necessário e com pagamentos na ato da entrega. 

Se a empresa não tem outros recursos para fazer frente a  compromissos como pessoal, serviços de higiene e limpeza, água, luz, telefone, impostos. É aí que o empreendedor percebe a falta de recursos necessários para manter a empresa operando normalmente.

Para evitar esses fatos é necessário buscar melhor negociação com fornecedores, ou seja formas de pagamento mais confortáveis, melhor gestão dos estoques. 

É importante controlar os recursos que saem do caixa.  Administre  todo o fluxo de entrada e saída utilizando de planilhas que podem auxiliar nesse desafio.

Sem metas e objetivos

A ausência de metas deixa a empresa estagnada e não sai do lugar.

É preciso ter objetivos para o futuro pois é isso que move uma empresa rumo ao crescimento. 

Se forem inexistentes, não possuir metas claras, qualquer resultado alcançado poderá ser considerado satisfatório.

Por fim, foque em seu público alvo o tempo todo. 

Enumeramos algumas dicas que entendemos importantes estarem sempre presentes no dia a dia do empreendedor a fim de evitar o máximo possível o fechamento da empresa.

Faça um planejamento completo, negocie prazos maiores com seus fornecedores, somente se utilize de empréstimos para o caixa inicial se necessário e oferecer vantagens significativas, faça todos os cursos possíveis sobre gestão de negócios, hoje é fácil ter acesso a esses cursos de forma gratuita junto a entidades representativas de classe, faça investimentos permanentes com seu time de colaboradores, acompanhe receitas e despesas, e tenha um diferencial no negócio.

Bons negócios e vida longa para sua empresa.

Equipe Boxcis

“Nós cuidamos da presença digital da sua empresa para que ela tenha melhores resultados”

Boxcis
Author: Boxcis

Compartilhe este Post

Você quer mais negócios?

Ei, somos o Boxcis.

Nosso maior propósito é fazer sua empresa crescer!

Você quer isso para você?

Mais negócios na crise

Sobre o Boxcis

O Boxcis é uma plataforma constituída por um diretório de empresas dos segmentos de Comércio, Indústria e Serviços. Tem como base de clientes Associações, Sindicatos, Federações e Confederações Empresariais, que atuam para fortalecer a geração de negócios B2B, B2C, entre os membros participantes dessa grande rede associativista. O Boxcis gera oportunidades para Fabricantes, Fornecedores, Representantes, Importadores, Exportadores e Consumidores para a realização de negócios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detectado!

Por favor, para ajudar o Boxcis a continuar produzindo conteúdos de qualidade recomendamos que desative seu bloqueador de anúncios em nosso site.

As nossas propagandas são moderadas e sua experiência no site não será prejudicada.